lunes, 2 de febrero de 2015

Punta del Este en Revista Donna y Cuaderno Viagem del diario Zero Hora, y en Revista Onne & Only



En los últimos días se publicaron artículos de Uruguay en suplementos del diario Zero Hora y en la Revista Onne & Only. Dos son sobre Punta del Este, y otro del Cabo Polonio llegando desde Valizas.
En la Revista Donna del domingo 25 de enero, hay una nota sobre Punta del este, con recomendaciones en materia de paseos, gastronomía y shopping, acompañadas de varias fotos.
En el Cuaderno Viagem del 20 de enero, se incluye la nota de la “aventura” de los periodistas de Zero Hora, partiendo de Valizas, para conocer Cabo Polonio. Desde el cruce del arroyo Valizas hasta un recorrido por el Polonio, el artículo incluye lugares, consejos y hasta un mapa dónde ubican el lugar.
La Revista Onne & Only de Porto Alegre contiene una nota sobre Punta del Este titulada “Donde el tiempo pasa más lentamente”.

Nota en Revista Donna

Para curtir no Uruguai

Até quatro anos atrás, a praia uruguaia de LA PALOMA recebia uma grande quantidade de jovens, sobretudo guris. Esse cenário mudou. Neste verão, o local tem sido visto como uma praia mais familiar, de pais com filhos adolescentes que ainda não estão interessados nas boates das outras praias da região, mas apenas em sair à noite para comer um sorvete da Pop (chocolate amargo com coco é ótima pedida) ou os deliciosos churros fininhos e crocantes da churreria Dan Yis. Trata-se de um lugar que convida a passeios de bicicleta – e as lojas que alugam as magrelas vivem com bastante movimento. Difícil encontrar algum ciclista em férias que não faça um passeio pelo Vivero de la Paloma, com namoradeiras para descanso em meio a lindas flores e plantas. O restaurante do Hotel Bahia, o mais antigo da cidade, mantém-se imbatível na preferência de comensais que primam pela qualidade de uma boa mesa. Já o Los Gitanos, localizado em La Aguada, a praia preferida dos surfistas e que fica a 15 minutos de distância da cidade de La Paloma, apresenta-se como programa para quem curte petiscar com uma cerveja bem gelada.
A mais antiga das praias de Rocha, LA PEDRERA destaca-se pela sua beleza natural e localização em uma falésia de rochas a quarenta metros sobre o nível do mar. A praia se converteu em destino na temporada alta, sobretudo pela agitada vida noturna. O Carnaval de La Pedrera entrou para o calendário de festas da região e ficou tão famoso que agora já começa em janeiro, para desespero dos moradores, que reclamam do barulho de madrugada e da sujeira deixada nas ruas e praias. Se a ideia é entrar nessa batida no mês que vem, prepare uma mala ultracasual. Por lá, o negócio é shortinho, camiseta e muita sandália baixa e chinelo de dedo. A partir das 18h, metade da avenida principal transforma-se em uma rambla onde não passam carros, só pedestres – e a região, repleta de casas de madeira, transforma-se em uma boate ao ar livre.
Não por acaso, La Pedrera vem sendo chamada de “cidade boate”. Ela persegue o mesmo espírito de José Ignacio: é um lugar pequeno, com apenas 225 habitantes ao longo do ano, em que todo mundo se conhece. Esse espírito de cordialidade permanece na alta temporada. É uma praia cheia de restaurantes charmosos para almoçar e/ou jantar. Um dos principais destaques e bastante frequentado é o Pueblo Barracas, um hotel com cabanas em uma paisagem bem agreste com barrancos sobre o oceano.
PUNTA DEL DIABLO é uma praia hippie chic, jovem não apenas na idade dos veranistas, mas no espírito de quem escolhe passar alguns dias por lá. Nada de grandes restaurantes, paradores estrelares, flashes e afins. É uma praia em que ainda se vê pescadores chegando do dia de trabalho com o barco carregado de peixes e frutos do mar fresquinhos. O dia tem o ritmo do sossego, com os pés na areia. À noite, tudo muda. Na avenida principal de Punta del Diablo, vários barzinhos recebem uma turma ávida para começar a noite com tragos, petiscos do mar e música ao vivo.
Assim como em todas as praias uruguaias, a gastronomia tem seu diferencial. Em Punta del Diablo, destaca-se o Mexicano Casa Rosada, próximo da praia dos pescadores, que tem um guacamole delicioso. No Al Pairo, existe um dos melhores frutos do mar da praia, e o Franca mantém-se entre os preferidos dos amantes da boa mesa.

Punta del Este está (sempre) na moda

Não é de hoje que PUNTA DEL ESTE está estabelecida como a “Saint Tropez uruguaia” ou os “Hamptons da América do Sul” – referência a um dos pontos turísticos franceses mais frequentados pelo jet-set internacional e à zona balnear de luxo na região de Nova York, respectivamente. O título soa glamouroso, e veranistas de primeira viagem estão sujeitos a cometer equívocos na hora de arrumar a mala, pensando em saltos altíssimos e figurinos de plumas e paetês. Alto lá! Aqui vai a primeira grande dica para quem planeja curtir o finalzinho de janeiro e o mês de fevereiro nesta linda cidade vizinha: Punta não tem nada de ostentação. É linda, é limpa, é internacional – e é simples. Por isso é tão chique.
Em Punta, sair para jantar é optar por um bom e velho jeans ou um shortinho de couro, uma jaqueta bacana, camisas confortáveis, um vestidinho sem pompa, poucos acessórios e nada, nada, nada de salto.


Revista Onne & Only

Donde el tiempo pasa más lentamente

Em 1º de outubro, a Revista Onne & Only esteve em Montevidéu a convite do Ministério do Turismo do Uruguai para cobrir o lançamento da temporada de verão 2014-2015. A recepção aconteceu no suntuoso Espaço Kibon, em Pocitos, na beira do Rio da Prata, quando foram apresentadas diversas atrações para o Brasil, Argentina, América Latina e para o turismo interno.
Preferência de muitos brasileiros para as férias de verão, especialmente para os gaúchos, o Uruguai é um país cheio de agradáveis surpresas. Os hermanos são amáveis e receptivos, há ótimas opções gastronômicas, além de estradas convidativas. As rutas são um deleite para quem vai de carro, com belas paisagens e pavimentação em dia. Para quem vai de avião, o Aeroporto Internacional de Carrasco, fica somente a 20 km do centro de Montevidéu. É considerado um dos mais modernos e bonitos do mundo, com uma arquitetura futurista e estrutura de primeira.
Punta del Este é a mais cobiçada como destino, porém são várias as ofertas para uma temporada de vacaciones. Desde o Brasil, antes de chegar a Punta, está o hotel e restaurante El Garzón, comandado pelo chef argentino Francis Mallmann, instalado no povoado de mesmo nome. São somente cinco quartos, porém uma possibilidade é desfrutar o dia e as delícias que o local oferece. Más adelante, José Ignácio, exclusiva e descolada alternativa para quem gosta de um balneário pequeno. O arrojado hotel Playa Vik é uma indicação para curtir o chic style e o parador La Huella para incorporar o espírito rústico-chique da praia.
Próxima parada, Punta. Para ver e ser visto, ou para passar desapercebido. A escolha é sua. No bairro Beverly Hills, hospedar-se no clássico L’Auberge sempre tem o seu encanto. Na Barra, uma estadia no Fasano Las Piedras, nos bangalôs assinados por Isay Weinfeld, é uma opção cool.
Montevidéu, indo em frente, é obrigatório. Apostando nos tradicionais roteiros, almoço no El Palenque, no Mercado del Puerto, cafezinho no Café Brasileiro ou no Oro del Rhin Café, veneráveis montevideanos, e jantar no charmoso Bar Tabaré. Aberto em 2013, o Francis, filial Carrasco, é sofisticado, com ambiente bem bonito e comida sem igual. E, assim por diante, a degustação da gastronomia local vai deixando saudades antes mesmo de terminar as férias.
Seguindo adiante, Colonia del Sacramento, povoado mais antigo do Uruguai, fundado em 1680 por tropas portuguesas. Patrimônio histórico, a charmosa cidade mantém poucos resquícios da herança portuguesa. O calçamento pé-demoleque, da Calle de los Suspiros, é um deles. A maior parte das construções é em estilo colonial espanhol ou neoclássico, que convivem em harmonia com a arquitetura contemporânea. Assim como pousadas e hotéis convidativos, como o tradicional Hotel Italiano. A gastronomia e o artesanato local também são muito apreciados.
A poucos quilômetros de Colonia del Sacramento, um pulinho para uma experiência de turismo rural, está Los Cerros de San Juan, uma vinícola que produz vinhos desde 1854. Foi pioneira no Uruguai e hoje conta com 46 hectares de vinhedo das uvas Riesling, Sauvignon Blanc, Chardonnay, Gewürztraminer, Cabernet Sauvignon, Merlot, Tannat, Tempranillo e Pinot Noir. Vinhos para todos os paladares. Localizada entre os rios San Juan e de la Plata, a região apresenta uma beleza encantadora.
Para estimular as vacaciones, entre as múltiplas atrações, os turistas ainda podem ter um reembolso de 10,5% sobre as compras pagas com cartões de crédito e débito, além de outros impostos livres. Ou seja, fica difícil resitir e deixar de explorar um país onde o tempo parece que passa mais devagar, onde os olhos se encantam e a alma, definitivamente, entra em férias.
¡Que le vaya bien!

Fuente: Uruguay Natural
Artículo publicado en: Destino Punta del Este.